domingo, 10 de outubro de 2010

Reclamar deve fazer um bem...

Sim, tenho loucas e loucas crises, confesso.

Estou até ficando a favor do contrário de tudo... Achando que sou de outro mundo...

Faz um certo tempo que não assistia TV tão empolgada aos fins de semana, os melhores programas tinham evaporado... Fazer né?!

Pois bem, este domingo, na record, algo me chamou muita atenção, a chamada do programa dizia: "Doença rara impede americana de ganhar peso."

Apenas ouvi a chamada e fiquei curiosa para assisti-la, comentei com amigos e ouvi gracinhas do tipo: 'ela não engorda e reclama de quê?'

Tá ai... A única coisa que a Lizzie Velasquez, 21 anos e 29kg não faz é reclamar... Pelo contrário [ou como tento ser... A favor do contrário de tudo], ela agradece por tudo... Para ela tudo hoje é uma dádiva.

A Lizzie sofre de uma doença rara que a impede de engordar. Apesar da frágil aparência e do sistema imunológico fraco, ela é saudável e vive uma vida aparentemente normal.

Com esta jovem, são três os casos encontrados, em todo o mundo, da tal doença, o que diferencia a Lizzie das outras duas pessoas são as características de diferentes síndromes que ela possui. É como se ela tivesse mais de uma doença não diagnosticada pelos médicos. Por exemplo, ela tem algumas das característica da progéria [síndrome do envelhecimento precoce].

A simples chamada da entrevista com a Lizzie tinha me chamado bastante atenção... Ouvi-la trouxe-me emoção...
Engordar 500 gramas é motivo para comemoração... 

Desenganada pelos médicos, quando ainda era criança, a Lizzie conseguiu adiquirir uma maturidade acima de tudo que eu considero normal...

Atualmente, ela estuda Comunicação na Universidade do Texas e planeja se especializar em palestras motivacionais. Em setembro ela deve publicar seu primeiro livro. E eu quero comprá-lo, sem dúvidas.

Em suas palestras, geralmente para jovens estudantes, ela fala sobre bullying, aparência física e sonhos. "Se eu consegui chegar até aqui com minha aparência, todos conseguem", diz ela.

A jovem lista sua família, amigos e fé religiosa como fontes de inspiração e força e afirma que hoje, se tivesse a opção, não mudaria sua aparência física, pois acredita que Deus a deu a missão de motivar as pessoas.

Já disse várias vezes, e teimo em repetir... Não temos problemas...

Quer tê-los?! Compare então a sua dor de cabeça a uma doença rara como a da Lizzie... Deu pra comparar?! Não né?!

Se você conseguisse comparar, ainda assim, teria de agradecer por esse 'tal problema'...

Pois bem... Que eu seja de outro planeta... Agradecer as dádivas permitidas por Deus em minha vida ainda é melhor que inventar problemas...

"Tenho a impressão de que tudo o que conquistei foi por ser como sou."
Lizzie Velasquez

Fonte: R7 Notícias

Abreijoos de um ser que tenta ser consciente...
A cada passo dado, a cada dia passado... Enfim, agradeça.

2 Comentários ●๋•:

Eliakim/Geoabrangencia.blogspot.com disse...

Já disse várias vezes, e teimo em repetir... Não temos problemas...
Concordo toda e plenamente
tem gente que se reclama da vida por besteira
quando se tem uma lição de vida assim sem igual....
adorei a postagem ♥

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

ela não engorad.... hmm
tem gente q não engorda de ruim, tem gente q não engorda por doença. Eu engordo só de pensar... até o ar me incha... affff!
Mas emagreci 5kg nessa correria \o/
Pelo menos pra alguma coisa ta valendo o corre-corre...
BjO*-*
http://evesimplesassim.blogspot.com/

Postar um comentário

Agradeço a sua atenção!