quarta-feira, 30 de junho de 2010

Apenas Humano...



(...) Meu amor não é perfeito... É humano.


segunda-feira, 28 de junho de 2010

Estranho né?

E quando, mesmo sem querer, você consegue sentir que deixou alguém triste com você?

Sei lá... É um sentimento tão ruim... Até porque, essa não era a sua intenção... A minha, para ser mais específica.

"Todos nós temos problemas", uma frase que escuto sempre. E concordo. De fato, todos, em qualquer circunstância, tem algo a resolver, algo que nos preocupa...

Revelar algo importante, contar um segredo, fazer uma promessa, pensar na chuva... É, as coisas são preocupantes... Problemáticas...

Estranho né? Problemáticas...

Bem, de fato, hoje as inspirações sumiram... Algo que acontece faz tempo... [É a crise... rs]

Usar a diversão para esquecer dos problemas tem sido uma fonte de sobrevivência. Deus me presenteou com amigos de verdade... Uma pena que nem todos moram aqui, no ladinho...

Não me perdoaria se os perdesse por coisas banais ou promessas não cumpridas...

Promessa é dívida não é mesmo?

Posso não usar tanto o juízo [Eu tenho... Juro...], nem ser tão adulta quanto a idade propõe ["frô" da idade], mas quero que a pessoa certa leia isso aqui... Até porque... Só tem um tipo de gente que lê isso aqui: os que querem saber o que se passa na minha cabeça... Os que me ajudam a crescer...



 
Hmmm... É... Acho que por hoje é só...



"(...) Abreijos de um ser que começa a ser."

sábado, 26 de junho de 2010

Ah, eu gosto é de roxo, de mato e de futebol!

Histórias de mim...

Lembro-me de um detalhe sórdido de minha infância. Uma mulher que me disse que roxo era cor de morto! Arg... Que mulher sem coração... Queria destruir os encantos pelo roxo que eu sentia... Feia! Feia! Feia!

[superhipermegapowerblasterrisos]

O que é que tem?! Eu faço minhas escolhas não?!

Daquele dia em diante prometi a mim mesma: Serei diferente dos demais mortais!

Tá... Sem exageros... Eu devia ter uns 4 ou 5 anos quando a mulher me disse isso... Nem lembro mais quem era, sei que achei chato... Não ser fresca... ops... normal o suficiente para gostar de rosa como as outras menininhas devia incomodar... Devo ter nascido para isso... o.O

(...)

Aos 4 anos de idade, carne nenhuma entrava na minha boca. Pois é... Virei vegetariana há 16 anos. E sem ajuda de ninguém!

Sempre ouvia as "gracinhas" ditas à minha mãe... "Ah, se fosse filha minha, comeria carne rapidinho", "onde já se viu, uma menina cheia das 'vontades'"...

As pessoas gostam de não compreender, de julgar, pre-julgar... Deve ser divertido esse joguin... Quem julgar mais, ganha.

(...)

Ser a única rubro-negra da família deve ter sido frustrante... Tenho pena de meu pai. [musica triste... u.u]

Vi um jogo do meu time [SportClubeDoRecife... Sim senhor!] pela primeira vez num meio de semana, estava voltando da escola e o único assunto era "O Clássico". Disse comigo mesma: "vou torcer pelo time que perder!"

Estranho não? Diria até anormal...

Pois é... O Sport perdeu, e eu comecei a me apaixonar por futebol '-'

Paixão essa que foi crescendo na escolinha, lá no Vasco, onde joguei com os meninos no campinho, e no Álvaro, quando o professor disse que eu daria uma ótima zagueira... [Entendem porque a camisa 3 do Brasil é importante??]

Três gols em toda uma vida. Um foi contra... Mas foi divertido...

(...)
Sabe... Descobri que é disso que eu gosto. Ser normal se torna chato, repetitivo, rotineiro... Bom mesmo é ser assim... Diferente...

Ah... Eu gosto de roxo, de mato e de futebol... E daí??

De fato, é complicado.

Complicada... Põe complicada nisso! Ô vidinha viu! (risos)



Como diriam os mais antigos: "na minha época, as coisas não eram tão assim..." É... Não eram mesmo.

A antiguidade não é uma coisa que eu vislumbre sempre, é algo que eu gosto de rever, relembrar... Agora, me pondo no lugar dos mais antigos, caraca, na minha época as coisas não eram assim não!

Antes quando se dizia "sim" se queria dizer "sim". Se o que você ouvisse fosse um "não", é porque estavam com vontade de te diser "não". Hoje tudo é relativo... '-'

Tantas essências que se foram... Hoje o não é sim, o sim é não e o talvez é... Sei lá o que é o talvez...

As coisas se confudem, se complicam...

Melhor dizendo... Nos confundem, nos complicam...

Nada de intensidade. O que é isto?! Como assim?!

A vida é intensa. Deve ser vivida de tal forma... Estou errada?!



É... Se estou errada não sei, só sei que com isto eu não vou me conformar não! Vou amar, viver, sorrir e, se der tempo, chorar... Com a maior intensamente que puder...

Minha vida não será uma caixinha de maisoumenosidades! [Sim, inventei mais uma palavra!] Pelo contrário! Minha vida continuará a ser intensa. Ser estranho é o que há! (8'


Relato noturno de um ser humano anormal, que busca nas entrelinhas de seus textos saciar a simples vontade de escrever...


Um ser que apenas quer ser...
E um dia será.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Chovendo...

Solzinho, sem muito calor de dia...
Friozinho à noite...

Tem sido assim... Uma semana atípica no meu mundinho acostumado as elevadas temperaturas...

As quedas de temperatura aqui às vezes me assustam... Sei lá, acho que não estou acostumada a tantas roupas... Tanta chuva...

E por falar em roupas... Hoje a campanha "dispa" a camisa foi feita aqui em casa... Gente, fiquei boba com tanta coisa que eu nem lembrava que tinha! A família se engajou bem nessa campanha, assim como os vizinhos que tiveram que fazer muitas viagens para levar todas as doações...



Só tenho a agradecer, primeiramente a Deus, pela consciencia que Ele colocou em cada um de nós. Por ter nos mostrado que somos capazes de fazer a diferença na vida de alguém, e que, mesmo com as nossas privações, ajudamos quem precisa... Bem mais que a gente...

Mas a campanha não parou por aqui gente... Ainda há muito a fazer. Nesta sexta-feira, dia 02/07, estarei com um grupo de amigos em direção a Barreiros, uma das cidades mais afetadas pelas chuvas (semana passada) para levar doações, em especial, de alimentos...



Continuemos no rítmo de solidariedade...



Alguém precisa MUITO de você!!!

Mais Notícias sobre as chuvas em Pernambuco



Um espetáculo chamado vida... Parabéns Mãe!

Hoje é o dia em que os anjos dão um espetáculo ensaiado... Espetáculo esse, em que o amor é o principal personagem e a estrela é VOCÊ!

Mulher que contracena junto com o carinho, a compreensão e o amor...

Dona dos melhores - e nem sempre seguidos [lala♪♫] - conselhos...

A maior estrela que Papai do Céu colocou no palco de minha vida...

Minha Estrela... MINHA MÃE!



Que hoje a luz das estrelas possam brilhar tanto quanto o teu sorriso...

MEU exemplo, Meu tudin... *___________*

Milhares de abreijos de sua filha, que além de muuuuito coruja, tem o orgulho de sair por ai aos berros, dizendo: Te amo mãe!!!


Feliz Aniversário!!!



Ps: Te amo mermo... E ai, aquela graninha do curso, ainda tá de pé?  =P  [briiink's]

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Um ser humano ao avesso

Seres humanos normais fogem dos riscos... Nunca afirmei ser normal. Apenas humana.


Bom mesmo é ser...

INESQUECÍVEL...

Como um perfume francês. Bem ativo... Bem marcante



"Você é assim
Um sonho pra mim
E quando não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito..."
Tribalistas - Velha Infância

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Solidariedade

O "Me veio à cabeça" também é um espaço solidário. As notícias daqui de Pernambuco não têm sido das melhores desde a última semana, onde as chuvas se fizeram presentes em cidades acostumadas apenas com o astro rei...

A palavra de ordem é: SOLIDARIEDADE!

Palavras de conforto ajudam, e como ajudam, mas o que as milhares de vítimas das chuvas estão esperando são nossas ações...

Gente que perdeu TUDO, hoje precisa recomeçar... Do zero.



Matar a fome e vestir são as maiores prioridades. Pensando nisso, busco mobilizar a todos voces que leem o meu blog a "despir" a camisa...

É, isto mesmo... Despir!

Que tal aquela roupa do inverno passado que você não usa mais? E aquele sapato que já ficou apertado? Para você isso pode ser insignificante... Mas para eles significa... Muito.

Água e alimentos não-perecíveis são bem vindos à todos.

Na região metropolitana do Recife, já são mais de 40 postos de coleta de donativos para ajudar essas cidades.

Saiba como ajudar as vítimas das chuvas no estado de Pernambuco

Caso você seja de outro estado e também queira entrar nessa corrente solidária, faça sua doação na conta corrente da Ação Solidária (no link acima)



Palmares


Barreiros



Contribua... "Dispa" a camisa... Seja solidário!!!


terça-feira, 22 de junho de 2010

Co-ra-gem

Quanto se poderia ganhar em tempo... Em ações?

Quantas e quantas coisas poderiam ser aproveitadas, caso não houvesse a sua falta?

Empreender um projeto, explicitar um pensamento, dizer verdades, amar, desamar, sorrir, chorar... Para tudo isso é necessário coragem...

E nem sempre é fácil...

Explicitar um pensamento é se abrir... É como lançar uma idéia, abrir um debate. O resultado é sempre uma incógnita. Mas vale a pena arriscar...

Dizer verdades é uma obrigação... Um dever... Quantas atitudes se poderiam tomar em cima de uma verdade?

Confessar um erro não é crime e ajuda na rápida reparação...

Amar é lindo e doce. Sentimento que se torna melhor e maior quando é revelado...

Desamar também é bom... Amor bom, é amor pra dois...

Chorar...  Não há porque se envergonhar de chorar, é bom lavar a alma com as lágrimas. O choro alivia a alma e acalma a mente. Chora-se de saudade, de alegria, de vontade... Mas para chorar também é preciso ter coragem...



É preciso ter coragem para mostrar a delicadeza e a fragilidade da alma... A coragem é a melhor saida...

Te desejo um bocado de CORAGEM...

Uma simples reflexão

Se em minha vida não ajo como Filho de Deus, fechando meu coração ao amor, será inútil dizer:
PAI NOSSO

Se os meus valores são representados pelos bens da terra, será inútil dizer:
QUE ESTAIS NOS CÉUS

Se penso apenas em ser cristão por medo, superstição e comodismo, será inútil dizer:
SANTIFICADO SEJA O TEU NOME

Se acho tão sedutora a vida aqui, cheia de fultilidades, será inútil dizer:
VENHA A NÓS O TEU REINO

Se, no fundo, o que eu quero mesmo é que todos os meus sonhos se realizem, será inútil dizer:
SEJA FEITA A TUA VONTADE, ASSIM NA TERRA, COMO NO CÉU

Se prefiro acumular riquezas, desprezando meus irmãos que passam fome, será inútil dizer:
O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAI HOJE

Se não me importo em ferir, injustiçar, oprimir e magoar aos que me cercam, será inútil dizer:
PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO

Se escolho sempre o caminho mais fácil, que nem sempre é o caminho de Cristo, será inútil dizer:
NÃO NOS DEIXES CAIR EM TENTAÇÃO

Se por minha vontade procuro os prazeres materiais e tudo o que é proibido me seduz, será inútil dizer:
LIVRAI-NOS DO MAL

Se, sabendo que sou assim, continuo me omitindo e nada faço para me modificar, será inútil dizer:
AMÉM...





"Pois Teu é o Reino, o Poder e a Glória, para todo o sempre... Amém."


Fonte de Felicidade

Corremos de um lado para o outro esperando descobrir a Fonte da Felicidade...


Esperamos que tudo que nos preocupa se resolva num passe de mágica. Acho que achamos [redundância mode on] que a vida seria tão diferente, se,  ao menos, fôssemos felizes.

Uns fogem de casa para serem "felizes". Outros fogem para a casa para serem "felizes"...
Uns se casam para serem "felizes". Outros se divorciam para serem "felizes"...
Uns fazem viagens caríssimas para serem "felizes". Outros trabalham além do normal para serem "felizes"...

Uma busca infinda... Tempo desperdiçado...

Nunca a lua está ao alcance da mão. Nunca o fruto está maduro. Nunca o vinho está no ponto.

Sombras. Lágrimas. Nunca estamos satisfeitos...

Mas há uma forma melhor de se viver!!!

A partir do momento em que você decide ser "FELIZ" a busca pela felicidade chega ao fim.

Na hora em que optamos pela felicidade percebemos que ela não está na riqueza material, na casa nova, no carro do ano, naquela pessoa... E jamais estará a venda.

Quando não conseguimos achar satisfação dentro de nós mesmos, é inútil procurar em outra parte... Sempre que dependemos de coisas "fora de nós" para ter alegria, estamos fadados a decepção.

A felicidade nada tem a ver com conseguir, consiste em satisfazer-nos com o que temos e com o que não temos... Poucas coisas são necessárias para fazer feliz um ser sábio, ao mesmo tempo em que nenhuma fortuna satisfaria um ser inconformado.

As necessidades de cada um de nós serão poucas enquanto tivermos alguma coisa a fazer, alguém a amar, alguma coisa a esperar...





PS: A única "Fonte de Felicidade" está dentro de você e ela deve ser repartida. Repartir alegrias é como espalhar perfumes sobre os outros... Algumas gotas sempre acabam caindo sobre você mesmo...

domingo, 20 de junho de 2010

Eternamente...

Eternamente = E-TER-NA-MENTE

É ter na mente... Para sempre...

sábado, 19 de junho de 2010

Ultimo Romance

  E até quem me vê lendo jornal, na fila do pão, sabe que eu te encontrei... ♫♪ 




sexta-feira, 18 de junho de 2010

A mais bela flor

Recebi em forma de e-mail... E achei triiilindo!!!


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O estacionamento estava deserto quando eu me sentei para ler embaixo dos longos ramos de um velho carvalho. Desiludido da vida, com boas razões para chorar, pois o mundo estava tentando me afundar. E se não fosse razão suficiente para arruinar o dia, um garoto ofegante se chegou, cansado de brincar. Ele parou na minha frente, cabeça pendente e disse cheio de alegria:

- Veja o que encontrei!

Na sua mão uma flor, e que visão lamentável, pétalas caídas, pouca água ou luz. Querendo me ver livre do garoto com sua flor, fingi pálido sorrido e me virei. Mas ao invés de recuar ele se sentou ao meu lado, levou a flor ao nariz e declarou com estranha surpresa:

- O cheiro é ótimo, e é bonita também... Por isso a peguei, ela é sua.



A flor a minha frente estava morta ou morrendo, nada de cores vibrantes como laranja, amarelo ou vermelho. Então me estendi para pegá-la e respondi:




- O que eu precisava.

Ao invés de colocá-la na minha mão, ele a segurou no ar, sem qualquer razão... Nesta hora notei, pela primeira vez que o garoto era cego... Não podia ver o que tinha nas mãos...

Ouvi minha voz sumir, lágrimas despontaram ao sol enquanto lhe agradecia por escolher a melhor flor daquele jardim...

- De nada! - Ele sorriu.

E então voltou a brincar, sem preceber o impacto que teve em meu dia. Me sentei e pus-me a pensar como ele conseguiu enxergar um homem auto-piedoso sob um velho carvalho. Como ele sabia do meu sofrimento auto-indulgente? Talvez no seu coração ele tenha sido abençoado com a verdadeira visão. Através dos olhos de uma criança cega, finalmente entendi que o problema não era o mundo, e sim EU. E por todos os momentos em que eu mesmo fui cego, agradeci por ver a beleza da vida e apreciei cada segundo que é só meu. E então levei aquela "feia" flor ao meu nariz e senti a fragrância de uma bela rosa, e sorri enquanto via aquele garoto com outra flor em suas mãos, prestes a mudar a vida de alguém...



Sabe... Muitas vezes as pessoas nem sabem o poder que tem quando entram em nossas vidas. Quando eu recebi esse e-mail comecei a lembrar de alguns amigos meus que todos os dias tem se desdobrado pra me fazer feliz... Falo sério... É o jeito deles, mas parece que é única e exclusivamente para mim...

Não apareceu nenhum garoto cego me mostrando uma flor, mas apareceram certas pessoas... "Uns tais de" Eliakim, Andréia, Evelin, Eduardo, Laísla...

Eles podem nem saber... Mas fazem a diferença... São as mais belas flores que Deus plantou em meu jardim...

Sentimentos... A mais pura explicação.

Saudade - é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.

Lembrança - É quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo.

Angústia - é um nó muito apertado bem no meio do sossego.

Preocupação - É uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.

Indecisão - é quando você sabe muito bem o que quer, mas acha que devia querer outra coisa.

Certeza - é quando a idéia cansa de procurar e para.

Intuição - é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.

Pressentimento - é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem existia.

Vergonha - é um pano preto que você quer pra se cobrir naquela hora.

Ansiedade - é quando sempre faltam minutos para o que quer que seja.

Interesse - é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.

Sentimento - é a linguagem que o coração usa quando precisa mandar algum recado.

Raiva - é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.

Tristeza - é uma mão gigante que aperta seu coração.

Felicidade - é um agora que não tem pressa nenhuma.

Amizade - é quando você não faz questão de você e se empresta pros outros.

Culpa - é quando você cisma que podia ter feito diferente, mas, geralmente, não podia.

Lucidez - é um acesso de loucura ao contrário.

Razão - é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.

Vontade - é um desejo que cisma que você é a casa dele.

Paixão - é quando apesar da palavra "perigo" o desejo chega e entra.

Amor - é quando a paixão não tem outro compromisso marcado...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Humilde para dizer... Saudades!

Hoje eu acordei sentindo um friozinho massa... Nessa hora eu senti saudade de você...

Fiquei lembrando do dia em que eu não sei porque você me abraçou. Pensei muito em você, mas acho que você nem se lembrou de mim. Talvez você nem perceba o que sinto, ou talvez, faz de conta que não percebe.

Já te vi algumas vezes olhando para mim. Não sei porque, mas vi. Porque me olha assim? Seu olhar me causa desespero, pois não sei que atitude posso tomar, mas não consigo deixar de contemplar teus lindos olhos... O que simplesmente me surpreende.

Você tem uma mania... E que mania... Você sorri para mim. Um sorriso meigo que por um instante me faz esquecer coisas que me preocupam... Que me faz esquecer tudo.

Mas a vida não para né? Tenho que voltar para a realidade... Mas... Porque você sorri desta maneira? Um sorriso lindo que me dá tanta esperança, mas que também me proporciona incertezas...

É... Hoje lembrei de tanta coisa que aconteceu... Mas acho que você não deu valor, nem perbeceu.

É... Você não percebeu nada mesmo.

Mas tudo bem, amanhã, talvez, você sentirá falta do dia de hoje, e de tantos outros dias que a vida nos proporcionou... Dias que eu dei valor a um simples olhar e a um simples sorriso seu...

Quando você perceber isso o hoje vai ter se tornado num dia como outro qualquer... Sem muita importância. O hoje vai ser passado, o que já não mais importa e que já não se pode voltar atrás.




"Onde a ignorância é uma benção é loucura ser sábio..."
[Thomas Gray.]

Um outono bem inverno...

Estava na porta da cozinha olhando o rio que estava enchendo por causa da chuva... Olhei também o céu cinza que não me permite ver os astros... Só se vê água... Todo tempo, o tempo todo.

Máxima de 28ºC... Nordeste?! o.O



Nesses últimos dias, sair da cama tem se tornado um sacrifício... Como é difícil!

"Chove, e como chove... Chuva, chuvisco, chuvarada, porque é que chove tanto assim?"

Somando uma vontade de não sair de casa, mais uma cicratização [mais que] demorada na minha boca... Preguiça na certa!

É... Pelo visto hoje a única coisa que vai bombar é o jogo do México [assim espero ¬¬]

domingo, 13 de junho de 2010

Acho que perdi...

(...) Onde foram parar meus versos, meus contos, meus cantos?



Queria entender porque o céu perdeu o azul... O tão doce e terno azul...
Apenas chove, e não é apenas lá fora... Dentro de uma cabeça também...


"Pior que perder é a sensação de estar perdido"

sábado, 12 de junho de 2010

Mar & Sol





Um sol, eu sou, para o teu mar óh meu amor...

Você é o mar, para o meu sol, para eu me pôr...





sexta-feira, 11 de junho de 2010

O problema é que...

Hoje os versos se foram... Só me resta ser o que sou. Uma nostalgica por natureza.

Apaixonante... Talvez.
Apaixonada... Sempre.

Feliz... EtErNaMeNtE!

*______________*

Do meu querer...

Catedral... Hoje e sempre...

Espero que curtam a letra *-*



Até quando agente vai viver a ilusão?

Até quando o nosso amor vai morar numa canção?
O meu coração pequeno já parou de esperar
Quando é que agente vai parar de se machucar?

Quando é que você vai começar a me enxergar
Até onde o meu amor vai poder te alimentar
Você é a minha ausência a razão do meu querer
Você é tudo que sinto e não sei explicar

Eu quero o teu amor sem direção
Sem regras e rancor sem condição
Eu quero flutuar sobre você
eu quero teu amor
Vem pra mim

Ah e quantos sonhos sem realizar
Quantos desejos presos no olhar
Quantas vezes te chamei na mais fria solidão
Quantas promessas ditas sem pensar
Quantos momentos perdidos no ar
Quantas vezes eu pensei não ouvir meu coração

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Soneto do Maior Amor

Maior amor nem mais estranho existe
Que o meu, que não sossega a coisa amada
E quando a sente alegre, fica triste
E se a vê descontente, dá risada.


E que só fica em paz se lhe resiste
O amado coração, e que se agrada
Mais da eterna aventura em que persiste
Que de uma vida mal-aventurada.


Louco amor meu, que quando toca, fere
E quando fere vibra, mas prefere
Ferir a fenecer – e vive a esmo


Fiel à sua lei de cada instante
Desassombrado, doido, delirante
Numa paixão de tudo e de si mesmo.


Vinicius de Moraes
*_____________*

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Coragem

Em uma dessas noites paulistanas, um jovem milionário promoveu uma festa numa de suas gigantescas mansões. Em determinado momento da noite, ele pede que a música pare e diz olhando para a piscina onde cria crocodilos australianos:

- Quem pular na piscina e conseguir atravessá-la, saindo vivo, ganhará meus lindos carros! Alguém se habilita?

Ninguém responde...

- Quem pular ganhará além dos carros, os meus aviões!

E o silêncio mais uma vez impera...

- Quem pular ganhará além dos carros e aviões, todas as minhas mansões!

Nesse momento alguém salta para a sorte! Lutas intensas! [e a platéia: ooooohhh] Segura a boca dos crocodilos com os pés e mãos, torce a cauda do réptil! Emoções a flor da pele!

Impressionante! Após tantos minutos de pânico, sai o corajoso homem, cheio de ematomas, arranhões e quase que despido.

O jovem rico então, pronto para lhe passar os carros, aviões e mansões, segue em direção ao corajoso homem, que logo lhe fala:

- Pode ficar com tudo o que é seu! Não quero nada disto!  [o.O  Ele é doido?]

Todos ficaram impressionados [Até eu fiquei... To boba!!], o rico então o questionou, afinal, se ele não queria nada, o que teria o impulsionado a pular [para a morte... dãh!]

O homem respondeu gritando...

- EU SÓ QUERO ACHAR O FILHO DA MÃE QUE ME EMPURROU NESSA PISCINA!!!

haushauhsaUHAUSHAUHSuhushauhUHSAUHSUAHShsuhauhsauhsa [eu rii]

Moral da História:

Somos capazes de muitas coisas que, por vezes, nós mesmos não acreditamos que conseguimos e para concretizá-las precisamos apenas que um filho da mãe nos dê um "empurrãozinho"!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Comece com você!

"Entre as palavras mais tristes que podem sair da boca de um ser humano, a mais triste de todas é: 'As coisas poderiam ter sido de outra maneira' (John Greenleaf Whittier)"

As palavras que seguem abaixo estão registradas no túmulo de um bispo anglicano de Abadia de Westminster, em Londres.

"Quando eu era jovem, ingênuo e com uma imaginação sem limites decidi que através da minha vida eu haveria de mudar o mundo. A medida que fui me tornando adulto e mais sábio, descobri que o mundo não poderia mudar, então reduzi a minha expectativa e decidi mudar apenas o meu país. Mas isso me pareceu uma tarefa pesada demais e numa tentativa de desespero então decidi mudar apenas a minha família, aqueles que estavam mais perto de mim, porém, eu não percebi nenhuma mudança. E agora deitado em meu leito de morte, de repente eu compreendi: SE TIVESSE MUDADO A MIM PRIMEIRO! Então, por meu exemplo teria sido capaz de mudar a minha família. Através da inspiração e encorajamento deles eu teria sido capaz de mudar o meu país e, quem sabe, talvez tivesse sido capaz de mudar o mundo."

Não existe ninguém que pode substituir você quando a matéria se trata de VOCÊ!

Deus está mais do que disposto a fazer coisas lindas e maravilhosas na sua vida, a iniciar, a mais profunda e eficiente de todas as revoluções... Tudo começa com uma mudança em você. Todo mundo pode mudar quando você der o primeiro passo no processo de mudança...

O que é o amor?

Em uma sala de aula haviam várias crianças, quando uma delas perguntou a professora o que era o amor...

A professora sentiu que a criança merecia uma resposta à altura da pergunta inteligente que fizera. Como já estavam na hora do recreio, pediu que cada aluno desse uma volta no pátio da escola e que lhe trouxessem o que mais despertasse nele o sentimento de amor.

As crianças saíram apressadas, e, ao voltarem, a professora disse: "Quero que cada um mostre o que trouxe consigo".

Uma a uma, as crianças levantavam e mostrava o que tinham encontrado para a professora...

- Eu trouxe essa flor! Não é linda?



- Eu trouxe essa borboleta, veja o colorido de suas asas!


- Eu trouxe esse filhote de passarinho, ele tinha caído do ninho junto com seu irmão Não é uma gracinha?


E assim foi... Até que todas as crianças mostraram o que mais lhe lembrava o amor...

No fim, a professora notou uma criança muito quieta... Calada... Vermelha de vergonha... Ela não tinha levado nada para a sala de aula... Nada que representasse o amor...

A professora então se dirigiu a ela e lhe perguntou porque ela não tinha levado nada à classe.

A criança timidamente respondeu:
- Desculpe professora. Vi a flor e senti o seu perfume, mas preferi deixá-la para que seu perfume exalasse por mais tempo. Vi também a borboleta leve e colorida. Ela parecia tão feliz que não tive coragem de aprisioná-la. Também vi o passarinho caído entre as folhas. Mas ao subir na árvore notei o olhar triste de sua mãe e preferi devolvê-lo ao ninho. Portanto professora, trago comigo o perfume da flor, a sensação de liberdade da borboleta e a gratidão que senti nos olhos da mãe do passarinho. Como posso mostrar-lhe o que trouxe?

domingo, 6 de junho de 2010

Vôo do Rato

"Um jovem piloto experimentava um monomotor muito frágil, uma daquelas sucatas usadas no tempo da segunda guerra, mas que ainda tinha condições de voar...


Ao levantar vôo, ouviu um ruido debaixo de seu assento. Era um rato que roía uma das mangueiras que dava sustentação para o avião permanecer nas alturas.

Preocupado, o jovem piloto pensou em retornar ao aeroporto para se livrar de seu incômodo e perigoso passageiro, mas lembrou-se que devido a altura o rato morreria sufocado...

Então voou cada vez mais alto e notou que acabaram os ruídos que estavam colocando em risco sua viagem conseguindo assim fazer uma arrojada aventura ao redor do mundo que era seu grande sonho..."

Tantos e tantos "ratos" tem nos deixado amedrontados perante as coisas da vida... 

Que a cada dia sejamos como esse piloto...

Se alguém lhe ameaçar: VOE MAIS ALTO!
Se alguém lhe criticar: VOE MAIS ALTO!
Se alguém tentar lhe destruir por inveja e fofocas: VOE CADA VEZ MAIS ALTO!

Sabe porque?

Os ameaçadores, críticos, invejosos e injustos são iguais aos "ratos", não resistem à grandes alturas...

Ps: Desejo a todos um BÓTIMO VÔO ao longo dessa história chamada vida!

Para que serve o horizonte?

Certa vez alguém chegou no céu e pediu para falar com Deus porque, segundo seu ponto de vista, havia uma coisa na criação que não tinha nenhum sentido...

Deus atendeu de imediato, afinal de contas, qual seria a "falha" em sua criação?

   - Senhor Deus, a criação é muito bonita, muito funcional, cada coisa tem sua razão de ser... Mas, no meu ponto de vista, tem uma coisa que não serve para nada - Disse aquela pessoa para Deus.

   - E que coisa seria esta? - Perguntou Deus.

   - É o horizonte. Para que serve o horizonte? Se eu caminho um passo em direção ao horizonte, ele se afasta um passo de mim. Se caminho mais dez passos, ele se afasta outros dez passos. Se caminho quiilômetros em direção ao horizonte, ele se afasta os mesmos quilômetros de mim... Isso não faz sentido! O horizonte não serve para nada!

Deus olhou para aquela pessoa e disse:

   - Mas é justamente para isso que serve o horizonte... Para fazê-lo caminhar...


(CEJA, Julho 2002)

A sós...

Se o homem soubesse o valor de uma oração, passaria sua vida ajoelhado...

sábado, 5 de junho de 2010

Tempo que foge

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora...

Sinto-me como uma criança que ganha uma bacia de jabuticabas... As primeiras, comemos displicentes, mas percebendo que faltam poucas, roemos até o caroço...



não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero administrar melindres de pessoas que, apesar da idade cronológica, são imaturas.
não tenho tempo para projetos megalomaníacos.
Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de "confrontação" onde tiramos "fatos a limpo".

Como o Mário Andrade afirmou: "As pessoas não debatem conteúdos, debatem rótulos". Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos...

Sem muitas "jabuticabas na bacia", quero viver ao lado de gente humana, que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita para a "ultima hora", não foge da sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados e deseja andar humildemente com Deus...

Caminhar perto dessas pessoas NUNCA será perda de tempo...

Must Get Out

Patiently wait to hear the words you've never said...

²² Castelo de Areia || Mais de Shakespeare

"Um dia de verão, estava na praia, observando duas crianças brincando na areia. Elas trabalhavam muito construindo um castelo de areia. Quando estavam quase acabando, veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo a um monte de areia e espuma...

Achei que, as crianças cairiam no choro, depois de tanto esforço e cuidado, mas tive uma surpresa. Em vez de chorar, correram pela praia, fugindo da água, rindo de mãos dadas e começaram a construir outro castelo, compreendi que havia aprendido uma grande lição.

Gastamos muito tempo da nossa vida construindo alguma coisa e mais cedo ou mais tarde, uma onda poderá vir e destruir tudo, que levamos tanto tempo para construir. Mas quando isso acontecer aqueles que tem as mãos dadas de alguém para segurar será capaz de sorrir! Só o que permanece é o amor. O resto, é feito de areia."
 
 

William Shakespeare
 
Ser feliz é uma decisão...

¹¹Debruço-me... || Mais de Shakespeare

"Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar..."



William Shakespeare

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Incompleticidade...

Incompleticidade... Palavra que passa a existir hoje... Só porque o dia foi assim... Incompleto.

Hoje, faltou uma ligação... Uma conversa... Um tudo...

Hoje, mais que ontem, precisei de você... Precisei respirar o mesmo ar, sentir o calor do abraço e ouvir canções que tocam meu ser...

Hoje eu precisei da tua falta de preocupação, precisei daqueles telefonemas que costumam não ter fim, precisei te ver, sorrir para ti...



É, eu precisei... Pois sem você tudo passa a ser assim... Incompleto...


(...) Cada segundo é muito tempo sem você.

É complexo ser complexo

Hoje eu estava no ônibus, tentando ler um artigo que falava sobre a complexidade das coisas. O cansaso não permitiu que minha leitura fosse concluida, além do sono, meus lindos olhos (sim,eu sou modesta...) hipermétropes imploravam para descansar...

Já que eu não conseguia ler, tentei pensar sobre o assunto... A complexidade.



Sabe... Cheguei a uma conclusão nada "nova" (até óbvia) sobre o assunto, conclui que nós, seres humanos, somos a "coisa" mais complexa que existimos nesse universo...

A começar de mim... Quer um ser mais complexo que Debby Nunes com dois b's?!? (porque dois b's?)

Às vezes me olho no espelho e penso: "Nossa que menina linda!"

Tá... Parei! haushUHSUAuahsuahUHASUAHSuahsuahsa

Brincadeiras à parte, quando realmente me olho no espelho, além de tentar imaginar o que eu tenho refletido de bom neste mundo, eu penso que não existo... (tenso né?)

Vou explicar...

Em um tempo tão, tão distante (nem tão distante assim... hmn), eu fui a menininha complexada, a pessoa que detestava ser o que era e o que poderia fazer. Hoje eu sou o oposto. Sei o quero, sei o que posso, sei o que amo. Sei o que sou.

Mas todo esse "conhecimento" do meu eu interior (tô falando chique sô!) não me impede de ser essa contradição ambulante...

Gosto de pensar com o coração... Agir com razão e emoção... Vencer pelo amor...

Sou como já disse em um post anterior, um ser humano ao avesso. Uma incógnita. Um ser Complexo...

Um ser que apenas quer ser... Que vive milhões de emoções num só dia e tenta transmitir, uma por uma, num único olhar... Um ser que existe... (existe?! o.O)



É complexo ser complexo!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

É isto ai...

Amo esse jeitinho de me olhar, esse sorriso, essa indagação... Quando me abraças eu penso em não te deixar, mas o abraço acaba... Só me resta lamentar...

Amo-te além de amigo... Amor que cresce quando te vejo... Amor que não para porque não tem medo...

[2 years, 3 months, 8 days... The best of my life...]