sexta-feira, 30 de março de 2012

Com choro e com vela!

Bótima Noite Pessoas!!! =D

Antes do sol iluminar o bendito 29 de março eu já havia recebido grandes presentes. Meus amigos emeesseeineros [vulgo "frequentadores de msn"] já estavam com os dedos coçando, prontos para digitar a musiquinha do "parabéns à você" quando os dois ponteiros do relógio apontavam para o número 12. E é ai que começa boa parte da festa...

Ainda antes de dormir, recebi um tão lindo vídeo, antes de novamente dormir, recebi outro... Aproveito para dizer que sim, a durona aqui se acabou em lágrimas ao ver tanta demonstração de carinho.

O sono chegou: ou eu dormia, ou chorava mais um pouquinho. 

Partindo do pressuposto de que chorar mais um pouco me faria amanhecer de cara inchada, assinalei a primeira opção. Ronquei!

Pense numa noite linda! Até os sonhos me deram presentes neste dia...

Ao acordar me surpreendo com o som da chuva no telhado. E o friozinho então? Muuuito bom...

Pois é... A essa altura do campeonato eu já tinha, para mim, que o dia ia ser dos mais lindos. E foi.

Já falei da chuvinha matutina, mas não poderia esquecer o solzinho que brilhou durante o resto do dia. Por falar em brilhar, o espetáculo a parte que o céu noturno me deu foi de tirar o fôlego. Por falar em fôlego... 

Perdi! Sim, sim, todo o fôlego que eu pensei sobrar em mim foi embora como que num passe de mágica. Tentei, tentei [e até acho que consegui por um bom tempo...] segurar as lágrimas. Foi sob o lindo céu noturno, num dos estacionamentos da universidade, que mais uma vez me surpreendi.

Com o que me surpreendi? Não sei se destaco primeiro o traíra do Gilvan [que não só estava repassando minha desconfiança para a vaca da minha amiga Tainã, como também não se deixou ser notado na universidade] ou a vaca da Tainã. Na verdade, tem também o safado do Ilberto que me fez jantar cuscuz para depois comer um belo de um bolo de brigadeiro. Ah, claro, jamais deixaria de citar o meu padrinho Little, pela discrição. A Vaca da Neidinha que fingiu estar respondendo um e-mail urgente de seu orientador quando, na verdade, estava terminando a montagem de uma super foto que ficou perfeita. Foi bolo e guaraná pra tudo quanto é lado...

... Que o diga o carro do Ilberto! =P

Mas claro! Noite de aniversário as surpresas tem que ser dobradas! Não bastou o bolinho, os presentes, o carinho, eles inventaram ainda mais...

Um tal de "é o que eu estou pensando" misturado com uma pitada de cumplicidade entre a troca de olhares e o olhar para um celular fez meu coçarão [coçarão é meu, escrevo como quiser] disparar...

Meu coração quase que diz: para!

E parou. Não o coração [que, ao contrário da dona, estática, acelerou de vez], mas o mundo que brilhou de uma forma bem mais intensa que o normal. 

Fui presenteada com um pingo de eternidade que durou, humanamente, alguns minutos, mas que pra mim, que não sou mesmo deste planeta, está durando até agora. Oh, oh! Vazei pela face!

Com choro sim! Com vela sim! Choro de alegria, vela de experiências vividas. E com direito a primeira fatia de bolo picotada e bem dada!

Amigos, muito obrigada por, junto a mim, tornarem este dia mais colorido. Aos que me mandaram mensagens, torpedos, scraps e sinais de fumaça, meus sinceros agradecimentos, afinal, se a missão era me fazer feliz, vou contar-lhes algo: deu certo!

Valeu por tudo, e parabéns pra mim! \õ/

2 Comentários ●๋•:

Eliakim - www.geoabrangencia.blogspot.com disse...

Lalala ♪♫ Quem te fez vazer pela face hein ? kkkkk

☆ Debby Nunes ☆ disse...

Não sei... u_u

haushaushuahsuas

Postar um comentário

Agradeço a sua atenção!