quarta-feira, 20 de julho de 2011

Sempre?

Pois é, sabe aqueles dias em que nada de impressionate acontece, mesmo assim dá vontade de vibrar com ele? É esse!

Na verdade, aconteceram coisas boas sim, o dia foi, em parte, muito especial. Consegui ver e festejar a alegria de pessoas que eu prezo bastante, felicitei uma parte de meus amigos que encontrei [pelo dia dos amigos], recebi vários torpedinhos [uns de quem eu menos esperava...], estudei, fiz planos, comi chocolate branco... É, até que foi agitadinho.

Mas... De verdade verdadeira [sim, adoro redundâncias], o que eu queria falar aqui é sobre um sentimento adolescente que tem me assolado ultimamente... Sentimento adolescente? Que saco!

Para ser bem sincera, só é "um saco" às vezes... É bom se sentir nova! 'huashaushaushauhsa

Mas, na real, a idéia de sentimento adolescente vem junto com um friozinho na barriga... Acho bom, acho ruim...

É bom por que, venhamos e convenhamos, friozinho na barriga lembra risco, algo que não me faça o maior bem, mas que também não consegue me fazer mal ou, simplesmente, o enfrentar dos alguns dos chamados medos.

Ruim porque eu me sinto com dez anos a menos...
Dez anos a menos de maturidade, dez anos a menos de coragem, dez anos a menos de ousadia, dez anos a menos da Debby que eu costumo ser...

Depois de séculos de sumisso, sem ao menos uma cartinha de despedida, quem lê isso aqui deve até se perguntar: Mas para quê ela conta essas coisas que ninguém quer entender?

Resposta: Ééééé... Não sei!

Embora ame a comunicação, ainda acho que a minha melhor forma de expressão tem sido o silêncio... Chego a ser contraditória nos meus próprios pensamentos [rimei, mas foi sem querer...].

Ora imploro por uma posição, demonstração, seja lá o que for! Afirmo não saber ler pensamentos, tampouco ser boa em adivinhar desejos. E dói. Dói porque mostro a cara e deixo que nela dêem tapas pela curiosidade, excesso de vontade e até pela imaturidade...
... Outrora sou eu a autora dos segredos e a louca que fica na espera de que não caia apenas gotas de água do céu.

Isso é tão confuso...  =S

Só sei que ainda consigo perceber que corações batem. Coração besta! Será que ele não percebeu que é a mesma coisa sempre?!

Só espero não estar fadada a cometer os erros do meu ontem.


"... Os mesmos e inevitáveis erros sempre."

3 Comentários ●๋•:

Eliakim - www.geoabrangencia.blogspot.com disse...

Débora ... ruuuuum, só te olho
Não cometa os mesmos erros, teu coração não merece padecer duas vezes ...

☆ Debby Nunes ☆ disse...

Podexá Kim... ==

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Ruim porque eu me sinto com dez anos a menos...

somos duas, cara irmã, somos duas...

BeijOs*-*

evesimplesassim.blogspot.com

Postar um comentário

Agradeço a sua atenção!