quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Eu vi um disco voador!

Mentira... Vi nada...

A verdade é que hoje, conversando com um amigo, de uma maneira... Digamos... Diferente... Percebi o quanto as pessoas tem o poder de fazer parte de nossas vidas assim... Fácil, fácil...

Às vezes nada de interessante surge... Nenhuma novidade, nada de muito "tcharaaan" [como um disco voador, por exemplo...] para nos animar e poder contar aos amigos... Mas assunto não falta!
 



Um telefonema para saber onde [e com quem ¬¬] estamos, um torpedinho de quem sempre nos lembra com carinho, uma piada sem graça que nos faz rir... Ah... Amigos... Como os amo!

Alguns apenas posso imaginar...

Não poder ver como estão, não poder abraçá-los, não poder tocá-los... É, de fato, complicado.



Mas a saudade que teima em reinar tem seus segundos contados quando juntos estamos a falar as maiores [e melhores] besteiras possíveis.

Que a barreira da distância que hoje nos mantém separados, possa um dia ser derrubada... Quero abraçá-los.

Quero morder alguns também... Mas ai é outra história... Lala... ♪♫


Abreijoos de um ser que se permite ser...
Um próximo... Mesmo que distante.

3 Comentários ●๋•:

Eliakim/Geoabrangencia.blogspot.com disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkkk
Clarooo
é por isso que te amo
vc me diverte sem frescura *-*
tiamo irmã
minha extraterrestre ♥

DuDu disse...

As únicas pessoas de que você precisa na vida, são as que precisam de você na delas...

somos extraterrestre na vida de todos, principalmente aqueles q naum entendem pq somos felizes por termos uns aos outro!

Bjo Conchinha!

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

ps/

para com essa mania de morder, SAFADA!

BeijO*-*

Postar um comentário

Agradeço a sua atenção!