quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Um professor. Um giz. Uma fé.

Esta é a história verdadeira que aconteceu há anos atrás, na Universidade da Carolina do Sul, nos EUA.

Havia um professor de filosofia que era um ateu convicto. Sua meta principal era tomar um semestre inteiro para provar que Deus não exise. Os estudantes sempre tinham medo de censurá-lo por causa da sua lógica impecável.

Por 20 anos ensinou e mostrou que jamais haveria alguém que ousasse contrariá-lo, embora vez ou outra surgisse aguém que o tentasse, nunca conseguiam...

Ao final de cada semestre, no último dia de aula, sempre dizia a mesma frase: "Se existe aqui alguém que ainda acredita em Deus, fique de pé!". Em 20 anos ninguém ousou levantar-se...

Esse professor orgulhava-se de todo status proporcionado a ele pela falta de fé, e sempre que via todos os alunos da sala sentados,dizia: "Se existir alguém que acredita em Deus, este é um tolo! Se ele realmente existisse, impediria que este giz se despedaçasse por completo ao cair no chão. Essa simples questão provaria que Deus existe. Mas isso não acontece!".


Em seguida, ele soltava o giz... Todos os anos... Sempre e sempre...

O giz partia-se em vários pedaços e os alunos apenas observavam inertes a demonstração do professor.

A maioria deles realmente acreditavam que Deus não poderia existir. Certamente, existiam cristãos. Mas esses tinham muito medo de ficar em pé...

Anos mais tarde, chegou um novo aluno, que logo descobriu a fama do professor... Ele teve medo, mas não queria permitir que nada pudesse abalar a sua fé. Nem o tal professor.

O dia chegou, e o professor citou a sua célebre frase: "Se existe aqui alguém que ainda acredita em Deus, fique de pé!". Dessa vez os alunos ficaram mais atônitos que o normal. Juntamente com o professor que viu apenas uma pessoa ficar de pé.

Era o novo aluno, o que não queria ter sua fé abalada... A qualquer preço...

O professor não perdeu tempo em chamar o rapaz de tolo, gritou em alto e bom tom: "Se Deus existir, com certeza impedirá que esse giz se quebre ao cair no chão!"

Começou a erguer o braço para soltar o giz, como sempre fizera durante o tempo em que lecionava naquela Universidade. Foi erguendo o braço... Erguendo... Erguendo... Até que o giz se soltou de suas mãos!

Nessa hora ele observou estático o giz escorregar por seus dedos, deslizar pela camisa, por uma das pernas da calça, correr sobre o sapato e ao tocar no chão simplesmente rolou... Sem quebrar...

O queixo do professor caiu enquanto seu olhar seguia o giz...


Estou de pé. Alguém me acompanha?!


Abreijoos de um ser que tenta dar o primeiro passo...
Pois toda caminhada, por mais longa que seja, começa com um.

2 Comentários ●๋•:

Geoabrangência disse...

Gente...
simplesmente que história massa
Gostei....
Milagre...
com tantos filhos pedindo socorro a todo instante
Deus vai se preocupar com um pedaço de Giz? ¬¬
Tem gente que ainda pensa isso
Afinal
é o Livre arbítrio...
Xá eu contar uma história.....
Um professor meu de metodologia semestre passado chamado Rogério Meireles contou uma breve história que aconteceu com ele quando ele ainda era universitário....
Ele disse que tinha um professor que adorava discutir religião
Movia mundos e fundos para também provar que Deus não existe...e tbm falava sobre impossibilidades de Jesus Cristo ser quem todos os cristãos acham quem foi...
Pelo Cunho teórico do professor...ele acabou escolhendo ele para ser o orientador de sua tese final do curso...
certo dia quando foi ao encontro do professor na casa dele....ao entrar pela porta
ele observou uma cruz em cima de um altar...
o professor então. indignado...confuso...
resolveu indagar ao professor aquela atitude em sala de aula
o professor simplesmente respondeu....
- SE MEUS ALUNOS DEIXAM DE ACREDITAR NA PESSOA QUE DEU A VIDA POR ELES NA CRUZ, APENAS POR MERAS PALAVRAS MINHAS...É PORQUE SÃO DE POUCA FÉ !
Rogério disse que lhe faltaram palavras...
e lhes faltam até hoje...
EIS O MISTÉRIO DA FÉ !

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

POxa... lindo mermã!!
E o Kim... fez um contra-post...hehehehe
Mas ameeii o q ele escreveu tb!
"a Fé a a certeza das coisas q não se veem".
Não vejo o ar mas o sinto. Assim como Deus!

BeijO
http://evesimplesassim.blogspot.com/

Postar um comentário

Agradeço a sua atenção!