terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Exemplos de Heróis!

Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor, quase sempre mal remunerados..

Heróis, são milhares de brasileiros que sequer têm um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir e conseguem sobreviver a isso, todo santo dia.

Heróis, são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna.

Heróis, são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada meses atrás pela própria Rede Globo.

O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral.

E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!

Veja o que está por de tra$$$$$$$$$$$$$$$$ do BBB:
José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.

Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros?


(Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores!)

Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.

Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa. Vá ao cinema, estude, ouca uma boa música, cuide das flores no quintal, telefone para um amigo, visite seus avós, pesque, brinque como as crianças, namore... Ou simplesmente durma!




Trechos (sutilmente editados por mim) da Crônica de Luiz Fernando Veríssimo sobre o "BBB"

É bem verdade que eu não curto os "atrativos" atuais da TV brasileira, por esse e outros motivos me recuso a sentar no sofá e perder meu tempo com certas coisas...

Enfim, é isso ai...
... Estarei aguardando as duras críticas.


Abreijoos a todos!

3 Comentários ●๋•:

Eliakim/Geoabrangencia.blogspot.com disse...

Que duras críticas ?
é a mais pura verdade
Não curto BBB
e tbm não curti esse discurso do bial
de "nossos heróis"
meus heróis são meus pais
Que deram duro pra me alimentar e me dar um educação moral e cívica para chegar onde cheguei
e estar com todos os sensores críticos aptos
a trabalhar sempre para a minha melhoria e a de tudo à minha volta...
Eu agradeço a Deus por ter botado ESSES heróis que são meus pais em minha vida

Tamiris Pires disse...

Realmente concordo com vc, heróis são aqueles que acordam as 5h da manhã, pegam três ônibus lotados pra chegar ao trabalho, e sem falar nos profissionais como médicos,enfermeiros, professores e etc, que não são valorizados e sobrevivem com um salário ridículo e mesmo assim se dedicam por amor de corpo e alma a profissão, Esses sim merecem nossa admiração e o título de heróis , só q da vida real e ñ de um Reallity Show

☆ Debby Nunes ☆ disse...

Não vou dizer que não queria passar ao menos um dia sem fazer absolutamente nada, sem ter compromisso nenhum, ficar nadando numa piscina e ganhar uma bolada dessas...

... Mas ainda fico com a velha e conhecida frase do A. Eintein:

"O único lugar em que sucesso vem antes do trabalho é no dicionário"

Postar um comentário

Agradeço a sua atenção!